Arquivo da categoria ‘Divulgação Científica’

Antes de começar a ler esse tópico, leiam a seguinte reportagem Jornal britânico “Guardian” diz que São Paulo fica perto da Amazônia.

O que vocês acham dela?

Sabemos que São Paulo fica bem longe da Amazonia, segundo o Google Maps cerca de 3900 km o distancia que num avião comercial (que voa a cerca de 800km/h) se percorre em cerca de 5 horas, viagem demorada, não?

Se você considerar o nosso dia-a-dia é realmente uma viagem longa e demorada, mas para chegar à Lua a Apollo 11 (a nave que levou os primeiros homens à Lua) levou cerca 87 horas (decolou no dia 16 de julho de 1969 às 13:32 minutos e pousou no dia 20 de julho de 1969 às 20:17) para vencer os 384 400 km (ou seja uns 4406,89 km/h, isso é aproximadamente 5,5 vezes mais rápido que a velocidade de um avião comercial). Outro exemplo a luz do Sol leva cerca de 8 minutos até chegar na Terra, viajando a 300000 km/s (sim, TREZENTOS MIL QUILÔMETROS POR SEGUNDO) o nosso Sol está a 1,496×1011 m (149600000 km) da Terra isso é 2947692308 vezes mais longe que a distancia de São Paulo até Manaus, se a luz viajasse na mesma velocidade que um avião ela ia levar 7791 dias 15 horas e 50 minutos pra chegar na Terra.

Depois de tudo isso parece que 1 metro não é nada, e que 1 segundo é desprezivel, mas se voltarmos nossos olhos para o mundo subatomico veremos que essa história pode ser bem diferente. Por exemplo o raio de um atomo de hidrogenio é de cerca de 1.0 × 10-11 m (0,00000000001 m), algumas particulas cósmicas que atravessam a atmosfera tem um tempo de vida de 2.2microsegundo (2,2 × 10-6 segundos, ou 0,000022 segundo), fazendo um calculo simples vemos que a luz leva apenas 3,33-12 segundo (0,00000000000033 segundo) para percorrer 1 metro.

Depois de tudo isso dito, o que você acha: 1 metro é perto ou longe e 1 segundo é muito ou pouco tempo?

Anúncios

Como parte das minhas atividades de estágio ministrei (junto com um colega) um minicurso de Astronomia para alunos da 1ª série do Ensino Médio de uma escola publica de São Carlos.
Apesar de ainda não ter visto os resultados da avaliação que passamos aos alunos acho que o saldo do curso foi muito positivo, ao apresentar aos alunos um conteúdo que eles não veriam normalmente. Nós falamos sobre método científico, teoria do Big Bang, formação de corpos celestes e outras coisas. O curso teve carga horaria de 4 horas/aula, sendo que fiquei responsavel por 2 aulas. Estou disponibilizando as minhas duas aulas, o uso é livre desde que respeitado os termos da licença Creative Commons, vide post anterior ou botão no lado direito, em resumo o uso é livre desde que seja não comercial e o autor (eu) seja citado.
Sem mais delongas as aulas:
Aula sobre Método Científico e teoria do Big-Bang. Clique aqui para baixar.
Aula sobre Estrelas e Buracos negros. Clique aqui para baixar.

Como parte dos eventos de comemoração do ano internacional da astronomia, decorrentes do aniversário de 400 anos das observações de Galile,.será até o dia 5/04/09 o evento “100 horas de astronomia” que alem de varios eventos em diferentes cidades (mais de 200 só no Brasil) terá um programa chamado “volta ao mundo em 80 telescópios” onde quem acessar o site do evento poderá saber um pouco mais sobre os mais importantes telescópios do mundo.
Para mais informações sobre o ano internacional da astronomia e as 100 horas de astronomia, visitem:
http://astro2009.wordpress.com/
http://www.100hoursofastronomy.org/

Divulgar Ciência

Publicado: 6 de junho de 2008 em Divulgação Científica

Essa semana ocorreu o evento “Universidade Aberta” (UA) e junto com a UA ocorreu também o Circo da Ciência que reune experimentos de Física, Química, Matemática e Biologia. Mais uma vez participei como monitor de alguns experimentos.
Foram dois dias MUITO cansativos, no final do segundo dia meus pés doiam muito e eu estava quase sem voz, mas valeu a pena, penso que divulgar Ciência é muito importante assim como divulgar Cultura (e indo mais longe ciência é um tipo de cultura, assim como o cinema, teatro e etc).
Seria lindo montar uma estrutura como a que foi montada na UFSCar no meio de uma praça publica, se num evento dentro da universidade tivemos quase 10 mil pessoas, eu garanto que um evento desses em praça publica reuniria no mínimo 20 mil.
Pesquisas mostram que a maioria da população se interessa por ciência mas infelizmente o acesso das pessoas à ciência é muito restrito e até difícil, as formas mais comuns são revistas e livros (que infelizmente são caros) e os poucos programas na tv são em horários “ruins” de manhã cedo no final de semana, a pouco tempo pela primeira vez tivemos um quadro sobre ciência num dos programas de maior audiência no horário nobre de domingo, apesar das criticas que eu ouvi sobre o quadro como me disse o Profº Nelson Studart “Onde você tiver de chance de divulgar ciência aproveite, seja no Faustão ou no Fantástico”.
Pra encerrar queria deixar um pensamento de Albert Einstein sobre Ciência:
“Toda a nossa ciência, comparada com a realidade, é primitiva e infantil – e, no entanto, é a coisa mais preciosa que temos.” (Albert Einstein)

Sites de divulgação científica

Publicado: 25 de novembro de 2006 em Divulgação Científica

Após um longo e tenebroso inverno retorno a postar nesse blog.
Seguem alguns links de blogs voltados para a divulgação cientifica.
Blog do Prof Adilson (coordenador do curso de física da UFSCar)
Por dentro da Ciência

Revista de divulgação Cientifica publicada pela UFSCar
Click Ciencia
Blog sobre pensamento Critico
O Dragão da Garagem
Blog do jornalista Marcelo Leite
Ciência em dia
A ciencia no cinema
Pipoca com ciência

Espero que gostem dos blogs.

Livros sobre Física

Publicado: 7 de outubro de 2006 em Divulgação Científica, Livros

Olá a todos, hoje vou falar sobre alguns livros que eu já li e são muito bons para quem se interessa por física, todos os livros apresentam uma linguagem muito simples e poucas equações (acho que todos eles somados não chegam a 10 equações), a ordem dos livros é a ordem que eu recomendo que vocês leiam.
1- A dança do universo (Marcelo Gleiser): Ainda não terminei de ler este livro, mas achei muito bom, ele explica descobertas importantes de física desde os gregos até a mecânica quântica. É uma boa obra para se iniciar no universo da física
2- O universo numa casca de noz (Stephen Hawking): Escrito pelo físico mais famoso da atualidade, foi o primeiro livro que li sobre física, apresenta muitas figuras que ajudam na compreensão das idéias que não são tão simples assim
3- Uma breve história do tempo (Stephen Hawking): Talvez o livro de divulgação cientifica mais lido de todos os tempos, com uma linguagem relativamente simples apresenta as ideias do físico que é considerado o sucessor de Einstein, é um livro meio antigo, então algumas ideias novas não aparecem nele
4- Uma nova história do tempo (Stephen Hawking): Digamos que esse livro seja a continuação do “Uma breve historia do tempo”, apresenta alguns resultados mais novos, e uma linguagem ao meu ver um pouco mais simples que o seu “antecessor”
5- O Universo elegante (Brian Greene): Dentre os livros que eu vou citar esse e o proximo talvez sejam os mais complexos, apesar da linguagem simples ele tem uma grande seção de notas que se aprofunda em alguns temas. Nesse livro o autor se aprofunda na teoria das cordas, que busca unificar a física (um dos maiores desafios para os físicos atualmente).
6- O tecido do Cosmo (Brian Greene): Esse livro nos conduz a uma viagem de quase 300 anos na física, apresentando as ideias dos físicos mais importantes desse período, como o livro anterior apresenta uma grande seção de notas, que satisfazem o leitor que gostaria de saber mais sobre os temas apresentados

Os dois próximos livros não seguem a mesma linha que os anteriores mas não deixam de ser interessantes:
O fim da terra e do céu (Marcelo Gleiser): Nesse livro o autor fala sobre diversas visões sobre o fim do mundo, fazendo uma contraposição entre as ideias cientificas e religiosas. Nesse livro o autor explica de maneira simples como as estrelas morrem, e o que acontecerá com o Sol.
A harmonia do mundo (Marcelo Gleiser): Esse romance (sim um romance) narra a história de Kepler, que descobriu como os planetas se movem no espaço e através de suas leis mudou para sempre a astronomia. O livro conta a história desse astrônomo, como era seu convívio com os professores, uma obra muito interessante (e que eu ainda não terminei de ler).

Espero que tenham gostado desse pequeno índice, leiam e sejam seduzidos por essa ciência maravilhosa que é a Física.